O sol nasce e se põe todos os dias, temos a chance de fazer isso com as nossas próprias vidas ! Obrigada Jesus por essa rica oportunidade!

26 de set de 2010

Reação na Dor !


Texto/Foto: Tatiana Murad Ravagnani

Hoje, Domingo, liguei a televisao e dei de cara com uma matéria no Globo Esporte sobre um rapaz, que já foi de big brother, virou modelo, namorou celebridades e um dia, depois de muito fazer esporte, estava voltando para casa, exausto, acaba dormindo na direçao e bate o carro. Resultado: ficou paraplégico!
A matéria mostra esse mesmo rapaz,fazendo o que ama, esporte, com um sorriso largo no rosto, campeão mundial, um esporte que não precisa das pernas,apenas das mãos,dos braços e do tronco, o Caiaque!
No final, a mãe desse rapaz, diz que o acidente veio na vida dele para melhorá-lo, que ela sente que o filho é mais feliz hj, do que no tempo em que andava. O repórter pergunta a ele, se a mãe está certa, o sorriso largo que aparece em seu rosto, já seria uma reposta, mas ele confirma o que a mãe disse, acrescentando que se descobriu nesse esporte, que está completo e que a outra vida que ele tinha,sentia que existia um vazio dentro dele!
Impossível, assistir a uma matéria dessa, e não pensar na vida, no nosso cotidiano!

Quantas vezes,deixamos que pequenos problemas nos abalem, tirem o nosso chão, desequilibrem a nossa estrutura fisica e emocional?

Quantas vezes nos vemos reclamando por tao pouco?

Quantas pessoas passam por isso que esse rapaz passou, e tbém por coisas mais amenas ou muitas vezes piores e decidem, que desta tragedia em diante, a vida acabou?

Não sei como eu agiria perante uma perda dessa grandeza, mas acredito piamente, no nosso poder de reação perante uma dor.
Somos nós que colocamos o peso em determinadas situações. Somos nós, seres humanos, capazes de transformar tudo!!!

Apenas a nossa decisão pode mudar toda uma vida, toda uma historia!

Sempre digo, àqueles que são mais próximos de mim já ouviram isso: Temos sempre 2 escolhas perante um problema, ou vamos nos derrubar e deixar que ele nos corroa, ou vamos reagir, nunca deixando de lado o ensinamento que ele possa nos trazer!

Todos os dias ao acordar, seria bom agradecermos por esse dia, cada um na sua crença, agradecer por estar vivo, porque esse coraçao que pulsa dentro de nós é oq no move, oq nos dá o grande salto para o novo dia!
Vamos tentar ao máximo, vive-lo da melhor forma possível, mesmo que seja um dia duro, apena nós somos capazes de transforma-lo! Apenas nós somos capazes de reagir !

Que possamos ter uma linda semana, cheia de luz,de amor, de paz, de harmonia interna e ao redor de nós!Que conigamos nessa semana, respirar profundamente e tomar a fantástica decisão de transformar aquele momento em algo extraordinário!

um grande abraço

9 de set de 2010

Trem das 7 (Atuação- 9/9/2010)


(Foto: Tatiana Murad ravagnani)

Chequei no hospital que atuo, no trem das 19hs, parei primeiro na estação 5 para encontrar a minha colega Dra Risadinha, de lá, fomos direto para estação 3!
Juntas, tivemos a grande oportunidade de vivenciar momentos mágicos nessa estação, no lugar de descer do vagão, decidimos passar em cada poltrona para conhecer as pessoas que estavam fazendo parte dessa nossa viagem!

Cada poltrona, uma emoção diferente...

Na grande maioria delas, tinha uma acompanhante na poltrona do lado, e dessa vez, essas companhias, em alguns momentos, estavam mais fragilizadas do que aquelas, que estavam nessa viagem, a procura da saúde e contra o fracasso, contra a queda, contra a dor !A vontade que tive foi de acalentar essa fragilidade, em meus braços, com um forte abraço mas, do abraço, consegui passar para um carinho nas mãos, um afago nos cabelos e palavras foram saindo de minha boca, palavras essas, que não vou saber escrever aqui, mas sempre com a intenção de acalmar e dizer a elas, que se permitam sentir a dor, que se permitam fraquejar em alguns momentos, pq somos humanos e por esse motivo, podemos sim cambalear, e não esperar que sejamos sempre heroínas!

Uma das poltronas, tinha uma senhora paraibana, de uma força incrível, super vaidosa, tinha acabado de passar um brilho nos lábios, teve que tirar os “dentes” para cirurgia e estava se sentindo feia. Disse assim a ela: “querida a sua beleza esta entro de vc, com dente ou sem dente ela esta ai, e essa , ninguém pode tirar de vc!”
Do lado dela, estava sua doce filha, que em nenhum momento, deixou de fazer um cafuné gostoso em sua mãezinha! Demos risadas juntas, até cantamos, acredite, essa paraibana se inspirou em cantar trem das 11, qdo sua filha nos perguntou se estávamos lá o dia todo, e eu respondi que tinha chegado no trem das 7 ...
...e la fomos nos 4, Dra Risadinha,a filha e ela cantando: Não posso ficar nem mais um minuto com vc, sinto muito amor , mas não pode ser...Moro em jaçanã, se eu perder esse trem, que sai agora as 11 hs , só amanha de manha....Foi com esse clima delicia que fomos para outras poltronas...

Num delas, encontramos a Sra pequena , franzina, frágil, com uma mascara de oxigênio que cobria quase que seu rosto todo, sua acompanhante, uma filha carinhosa mas imensamente fragilizada. Mais uma vez, foi o momento de acolher a acompanhante, sua mãezinha, me olhou nos olhos, tivemos uma conversa rápida porém muito profunda, não esqueço do seu olhar, cansado, me desejando que eu vá com Deus e eu, que ela fique com ELE !!!

Na poltrona do lado, a “Lady” L, junto com ela cantamos a musica do “rei” Roberto Carlos, foi uma delicia, uma pele linda, uns olhos azuis, dóceis, uma papo gostoso que acabou sendo interrompido, pois a Sra pequena, começou a passar um pouco mal e sua filha em desespero, me chamou pedindo que eu chamasse a enfermeira, assim o fiz, ela foi prontamente atendida.Sua Filha, chorando muito, do lado da mãe até ela melhorar, qdo isso aconteceu, fui com ela lá fora, Dra Risadinha e eu batemos um papo bem acolhedor com ela, e só a largamos depois que sentimos que ela estava mais calma!

Como disse antes, cada poltrona com emoções diversas mas a soma disso tudo foi positiva e com um resultado maravilhoso, conseguimos retornar para estação 5, com os pés cansados mas com o coração em paz!

Um grande abraço

Dra Risoquita

1 de set de 2010

35 velas assopradas...


(Texto e Foto: Tatiana Murad Ravagnani

Dia 29 de agosto de 2010 completei 35 anos de vida!

Que benção chegar até aqui, caminhando e não mais correndo
Olhando para trás e agradecendo e não apenas questionando
Olhar para dentro e descobrir, que de fato eu sei quem eu sou !

Que prazer poder olhar ao lado, e ver que tenho a rica oportunidade de ter um companheiro, que me ama, que me acolhe, que me faz evoluir,crescer,não apenas pq ele esta do lado mas tbém pq eu estou ali, inteira, e não achando q ele é a minha metade, um complemento de mim mesma!

Que delicia olhar ao redor, e ter por perto amigos e não apenas colegas. Saber que com esses que estão presente eu de fato posso contar!

Que honra e merecimento ter junto de mim uma familia linda, que se une , que se ampara , e que se ama e que acima de tudo, se respeita!

É muito bom olhar para frente, e ter a certeza de que muitos novos anos ainda virão, se assim eu for merecedora, e saber que em cada um deles, poderei renovar, aprimorar e aprender mais e mais !

Hoje me sinto feliz, pelos tombos que levei, pelos erros que cometi, pelas broncas que levei.
Feliz por cada momento de angustia e de dor, por cada tristeza causada por outros e muitas vezes por mim mesma !
Feliz, pelo simples fato de hoje, perceber que tudo isso, me fez ser quem sou e com isso, agradecer a Deus por ter passado por tudo com louvor , carregando assim no peito, um amor imenso pela vida!

Um caloroso abraço especial, a todos aqueles que fizeram parte dessa jornada e aqueles que ainda farão!

Feliz 35 anos !
Feliz Novo Ano !
Feliz Tudo !

Que venham mais motivos para comemorar,na verdade, agradeço e comemoro todos os dias a rica oportunidade de estar presente!